quinta-feira, 30 de junho de 2011

cómoda's inside

desde que me lembro de mim, que a primeira gaveta da minha cómoda não tem roupa, tem as minhas "coisas de gaja". adoro. parece um mini-cantinho só meu!

na nossa hsh passa-se a mesma coisa, no entanto, é tão fácil desarrumar uma gaveta com tantas tralhas...

lá arranjei um organizador de tecido e pus-me a magicar (que eu adoro este tipo de arrumações! MESMO)

antes

depois

vêm a diferença ou sou só eu? :)
btw - agora ao ver a imagem apercebi-me! melhor melhor era deixar de pensar só num papel prático e lavável, e colocar como base um papel bem bonito, hein?

segunda-feira, 27 de junho de 2011

vida simples - dica

trocar a mala de 3.5 kg por uma levezinha com o essencial

eu pessoalmente acho que é mais fácil fazê-lo no verão. ficamos mais leves! que tal continuar após o verão?

o último tsuru

adorei os tons deste tsuru.
uma folha de revista simples, neste caso uma página de moda, pode tornar um origami logo tão diferente.


made em alcácer do sal city. last big weekend.

video

e aqui está!

domingo, 26 de junho de 2011

simplicidade

no amor, nas escolhas, na nossa vida. mas pequenas e grandes coisas. no dia a dia, no nosso dia a dia. em tudo. em nós.

um tema que quero pensar ainda melhor.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

fotos

sou só eu que quando olho para fotos da minha mãe, me parece que está muito mais velha na foto do que é na realidade?

o meu A diz que lhe parece igual, talvez eu não acredite que as pessoas envelheçam...

like

a nossa fonte :)

sábado, 18 de junho de 2011

que bandeira nova é esta no feedjit?


uma pessoa da indonésia chegou ao meu blog colocando no google o meu blog! (colocou mesmo tudo www.aerworld..., portanto, queria mesmo chegar aqui!)

OBRIGADA :)

sexta-feira, 17 de junho de 2011

hoje sonhei...

estava a chegar à estação quando me lembrei. arrepiei-me.

tinha finalmente chegado o dia da primeira consulta de (in)fertilidade. não sei porquê, era numa clínica privada e já lá tinha estado para conhecer os médicos(!), e era um sítio muito giro, lindo, não muito grande mas moderno e light.

quando chegou o dia da consulta, estava tão cheio que custava a chegar ao balcão!
cheio de gente que não consegue engravidar, tristes, cheio.

se isto continua assim, não quero lembrar dos sonhos dos últimos dias antes da consulta.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

"então e vocês, quando têm filhos?"

a tão IRRITANTE pergunta!
  • se casámos há dois meses - hello?? posso estar de lua de mel o tempo que me apetecer?
  • se comecámos a tentar há uns tempos - é irritante, ok.. o mais certo é não termos dito àquela pessoa, mas porque é que todos se sentem tão à vontade a questionar um assunto que pode ter tantas razões?
  • se não queremos mesmo ter filhos - e nos olham (mesmo que não digam) com um ar de "coitadinha, é uma fase e ainda pensa que só devemos ter quando já temos tudo... e o tudo nunca se alcança.. ainda é muito naif" ou então com um ar de que somos aberrações, que uma mulher que não é (ou não quer ser) mãe, nunca será uma verdadeira mulher, e que um ser humano sem esta experiência veio cá para nada... ou até que ficámos traumatizados com alguma acção (muito muito grave) dos nossos pais..
  • AGORA se existe um problema de (in)fertilidade... a questão é mesmo outra. independentemente de que ninguém saiba.. independentemente de TUDO... é... não tenho palavras para descrever o que sinto!
e ontem à noite, a minha querida amiga que está a tentar há bem mais de dois anos e que já sabe que têm (mesmo) um problema disse-me:

"se alguém me faz esse tipo de perguntas e
não estou mesmo para aí virada respondo 'sabe, sou infértil!', depois a pessoa faz uma
cara horrorosa e eu digo 'estava a brincar' e a pessoa logo muito chocada 'com essas coisas
não se brinca, que horror' - e como passo por estúpida, nunca mais me perguntam!"


ADOREI E VOU ADOPTAR! atenção que isto é daquele humor que eu culpada confesso que adoro, e na realidade só tem graça.. se for mesmo verdade!!!!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

à espera de super telefonemas

a espera continua, desta vez da MAC, que, espero também, após os 3 meses que eles indicaram que demoravam a telefonar, não seja para marcar a consulta daqui a outros 4 meses!

anyway, hoje o meu telemóvel tocou..

-boa tarde, é a senhora R?
- sou sim
- como vai a senhora?
- quem fala? (sempre uma bruta)
- fala da área de saúde de Almada.. (aqui deixei de ouvir e comecei a pensar que houve alguma desistência ou analisaram melhor o meu processo e que tinham conseguido uma consulta para o HGO mais cedo - realmente às vezes sou muito "pink")
- hum.. hum
- ... estou a telefonar porque estamos a oferecer um rastreio para as mulheres com mais de 59 anos (oi?!?!?!?)
- desculpe, mas eu não tenho mais de 59 anos!
- ah, não.. ah.. (coitada, ficou tão atrapalhada) .. então e na sua residência?
- também não!
- obrigada então!

se eu não andasse à espera de um telefonema relacionado com saúde, esta seria só uma coisa para rir, no entanto... confesso, não deixa de ser a sua piada!

como chegar ao meu blog?

adoro, mesmo (!!) ver as palavras que se colocam no google e afins que vos leva aqui.

confesso que fico super contente quando vejo pesquisas com o nome do meu blog, ou informação que partilho e que gosto que leio (aqui falo em especial das partilhas que tenho feito no ambito "ministério pessoal de saúde", "litle people" ou as minhas opiniões a leituras.

MAS o que eu me parto mesmo a rir é expressões como a que vi hoje:
"o que falar no primeiro telefonema"

digam-me que a razão não é amor!!!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

tarde de compras e afins

e ainda não foi desta que consegui comprar umas calças de ganga para mim!

sou só eu que não encontro, ou não existe mesmo à venda jeans não elásticos? :(

de qualquer forma, ainda consegui comprar uns cheirinhos cá para casa, uma oferta para uma amiga e uns trapinhos para mim..

... entre outras...

sábado, 11 de junho de 2011

manjericos de origami

... ou o que fazer com :)

há já uns bons tempos comprámos plantas para o aquário, que vinham dentro de um mini vaso de barro - que achei muito lindos mas não sabia o que fazer com eles..


e ao passear pela net vi uns manjericos em origami fantásticos, mas decidi não copiar exactamente! arranjei um modular que achei que se enquadrava, e fui à experiência e ficaram assim.


e porque estamos em tempo de festa... ofereci-os a duas pessoas especiais, mas que sei que posso contar com a honestidade. comentário da primeira "está mesmo lindo.. como tens tempo para estas coisas?" comentário da segunda "onde arranjaste", e após saber que fui eu "aaah! eu sei que tu fazes mas... está mesmo lindo, pensei que tivesses comprado!" sendo assim, acho que consegui!


btw - como sou pela partilha, o modelo está aqui e fiz apenas 4 faces, que colei pelos cantos (como podem ver, os espaços não ficaram como o modelo), depois foi só colar no vaso!

terça-feira, 7 de junho de 2011

jantar para sete? indian food, please!

quando os primeiros convidados da noite chegaram, o TZ disse "cheira a monhé!" (sem qualquer tom depreciativo, ok?). ficámos a saber que tínhamos acertado!


normalmente quando queremos apresentar uma nova comida a amigos, juntamo-la com receitas habituais. desta vez, quisemos arriscar.

jantar indiano para 7 pessoas - ementa:
  • noz, pistácios, caju não torrado
  • cestinhas de massa de arroz recheadas com atum, 3 tipos de cogumelos, couve galega, pinhões entre outros (by my self)
  • chacuti de frango daqui - a receita diz galinha e nós pusemos frango; a receita diz para desossar, mas não o fizemos; juntámos caju pouco antes de desligar; de resto seguimos tudo à risca e ficou delicioso! queria ter feito frango de caril, que já fiz várias vezes, mas o PJ não gosta de caril, por isso este ingrediente apareceu apenas num molho
  • raita de tomate e pepino daqui
  • salada de rúcula com manga daqui
  • molho picante comprado aqui
  • e a acompanhar tudo, Muralhas - eu queria vinho tinto, e fica aqui registado que o tinto é recomendado para comida indiano. mas enfim, estava calor e tal..
no final...
  1. o naan parecia bolacha - a receita não diz, mas bastam cerca de 4 minutos no forno e só me apercebi disto quando já estava à 10 min!
  2. o molho verde acho que não ficou grande coisa
  3. o PJ comeu a cestinha (é um querido), mas não gosta de cogumelos
  4. a K não gosta de rúcula (ups! esqueci-me)
  5. a S adorou tudo
  6. no geral, todos gostaram de (quase) tudo no geral
  7. nós os dois ficámos muito contentes
coloquei em cima da mesa da cozinha, junto com os aperitivos, umas tintas indianas...

que me ofereceram o ano passado, trazidas directamente da Índia. na altura dos aperitivos, olharam e disseram "olha que giro", após o jantar, destaparam e caribaram-nos a todos! afinal, Muralhas ficou mesmo bem!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

primeiro telefonema dos muito esperados

  • "estou a falar com a senhora R F S?" assim com uma voz doce e sorridente que me parecia tanto tanto a minha grande amiga madrinha afilhada ...
  • "sou , sou!" respirei e preparava-me para "e eu por acaso estou a falar com a sô dôtora D P C?", mas felizmente enquanto respirava, do outro lado foram mais rápidos

  • "estou a falar do Hospital Garcia de Orta, estamos a tratar do seu pedido de primeira consulta de fertilidade" aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhh

  • (bread again, please) "sim, sim"

  • "vão receber uma carta a explicar tudo, no entanto como nos enviou o seu contacto, aproveitei para telefonar já" é sempre boa ideia dar todos os nossos contactos, hein?!! "então, a vossa consulta já está marcada"

  • "já?" (keep breading.. in and out...)

  • "sim, 27 outubro"

  • (iiiiiiin and ouuuuuuuuut) ... "ah, e onde me devo dirigir?" com tanta pergunta que poderia fazer, foi esta que me ocorreu!

  • "ao Irma, em frente às urgências, mas na carta explica tudo, esteja descansada"
aaaaaand... try not to cry (all day long)!

ontem vi um girassol, a crescer no meio de uma estrada, no meio do nada, foi ali parar uma semente que venceu. gostei tanto que fiquei a pensar nisso!

(imagem retirada da net)

domingo, 5 de junho de 2011

super maridão ou explode - the gift

num dia com algum verde de inveja, o maridão, para me animar, levou-me às compras

fizeram algumas fotos mesmo fantásticas...


algo que queria muito, especialmente após ter ido vê-los na apresentação do disco =)

sábado, 4 de junho de 2011

like

nossa plantinha com um marcador trazido da feira de artesanato de Constância

quinta-feira, 2 de junho de 2011

o nosso monte alentejano

pois que falei-vos que ia, mas ainda não tinha dado o meu feedback do Monte do Sobral.

adorámos! a simpatia, descontracção, acessibilidade, genuinidade, e muitas histórias para contar do sr. M, as vistas alentejanas... de perder de vista. a capacidade de me fazer pensar "e stresso eu tanto com o meu mundinho". as cores, os animais, os empregados, os sons, os cheiros, as cegonhas, os bezerros a saltarem, o pôr do sol, o jantar à lareira, o pequeno almoço à lareira, a cama redonda, a cabana.




aqui tenho de detalhar. tínhamos pedido para irmos para a suite nupcial, por ter cama redonda, mas (ups, que aqui na aldeia não podemos deitar papel higiénico na sanita) como entupimos o wc, acabámos por dormir na primeira noite na cabana. a cabana parece-me retirada de "Uma Casa na Pradaria" - a minha primeira série favorita (MESMO). então, tinha a madeira, o cheiro, fotos reais de pessoas reais.. apaixonei-me, e até fiquei com pena de não termos lá ficado na segunda noite. claro que quando vamos para estes locais, queremos mesmo é estar em locais que não estamos na vida real, pelo que não foi mau estar na suite, ou melhor, a nossa Casa de Bonecas.

ainda passeámos bastante, entre Montemor-o-Novo


um dia inteiro em Évora,



descobrir o encanto de Mora e finalmente visitar o Fluviário.

grande fim-semana :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails